davidd-

davidd-

davidd-

Bandera de CanadáVancouver, bc (Canadá)

Estadísticas

12 October, 2011 - 15:55 (10 years 7 weeks)
23 June, 2013 - 13:38 (8 years 23 weeks)
12
108

Sobre davidd-


Residencia
Vancouver
bc
Canadá Bandera de Canadá

Tiempo viviendo en Canadá
9 años y 7 meses

Tiempo viviendo fuera de España
9 años y 7 meses

Procedencia
pamplona
Navarra
Información personal
Hombre
55 años

Profesional


Visados y Embajadas: visados para una brasileya

Haber si alguien me puede contestar, una amiga de Brasil estubo en Espaya durante 5 ayos ilegal y el pasaporte caducado y hace 2 meses volvio a Brasil , y el tema es que ahora quiere volver a Espaya y no sabe si le dejaran entrar.

Deportes: España campeon de europa

Falta 8 minutos para que España se campeon

Cosas del día a día: Ya se lo esta montando para no pisar la carcel Urdangarin

Urdangarin y Torres deberán entregar 3,5 millones para evitar la cárcel segun EL PAIS.
Si se llevaron mas de 10 millones, en este pais es negocio ser chorizo y a la casa real cada dia se le ve mas el plumero y todos se van de rositas y eso que dicen que todos somos iguales ante la ley y una mierda para ellos.

Deportes: gano el madrid por 1-2

ala Madrid ala Madrid

Política: La austeridad del alcalde

El alcalde de TRES CANTOS de PP se sube el sueldo 17000 euros y cobra en total 71000 euros mas que un ministro
que poca verguenza.

Cosas del día a día: canje del carnet de conducir espaÑol por el frances

Me podeis decir si es muy complicado canjear el carnet conducir español por el frances.
Gracias

Cosas del día a día: Alerta mucho cuidadado

ALERTA MUITO SÉRIO... MUITO CUIDADO!!
ESTA EN PORTUGUES COMO ME LO MANDARON A MI

Leia com atenção avisem parentes, filhos, amigos, vizinhos, etc.

*aviso para sua segurança, não deixe de ler* aconteceu em Olinda
com um amigo meu e vejam o que ele relatou:

Vale a pena estar atento...

No último sábado procurava um telefone público e encontrei apenas um,
em frente ao estacionamento da Praça da Biblia - Casa Caiada - Olinda

Estacionei alguns metros mais atrás e desci do carro.

Quando estava falando chegou um homem sem uma perna e com muletas.

Me perguntou se podia ajudar a anotar um número, e me deu o cartão com
o número e um papel para anotar o telefone.

Com muito prazer para ajudar, peguei o papel e comecei a marcar o número.

Então em poucos segundos comecei a me sentir mal, sentia que estava desmaiando.

Acontecia algo de anormal, então corri para o carro e me fechei, ainda
me sentindo enjoado.

Tonto, tentei ligar o carro e afastei-me um pouco

Cosas del día a día: Alerta mucho cuidadado

ALERTA MUITO SÉRIO... MUITO CUIDADO!!
ESTA EN PORTUGUES COMO ME LO MANDARON A MI

Leia com atenção avisem parentes, filhos, amigos, vizinhos, etc.

*aviso para sua segurança, não deixe de ler* aconteceu em Olinda
com um amigo meu e vejam o que ele relatou:

Vale a pena estar atento...

No último sábado procurava um telefone público e encontrei apenas um,
em frente ao estacionamento da Praça da Biblia - Casa Caiada - Olinda

Estacionei alguns metros mais atrás e desci do carro.

Quando estava falando chegou um homem sem uma perna e com muletas.

Me perguntou se podia ajudar a anotar um número, e me deu o cartão com
o número e um papel para anotar o telefone.

Com muito prazer para ajudar, peguei o papel e comecei a marcar o número.

Então em poucos segundos comecei a me sentir mal, sentia que estava desmaiando.

Acontecia algo de anormal, então corri para o carro e me fechei, ainda
me sentindo enjoado.

Tonto, tentei ligar o carro e afastei-me um pouco

Dudas legales: Canada decreta la expulsion de una familia portuguesa de 10 personas

As autoridades canadianas decretaram a deportação de uma família portuguesa de dez pessoas de três gerações, revelou hoje o jornal Toronto Sun.O voo para Lisboa no dia 29 de dezembro está marcado para os dez elementos da família, que inclui Paul, 46 anos, Maria, 44, os seus filhos, Marília, 27, Vanessa, de 23, Paul Jr, de 19, e Beatriz, 13, e os seus quatro netos nascidos no Canadá com menos de cinco anos, de acordo com o jornal.

A família Sebastião, que chegou ao Canadá em 2001, pediu estatuto de refugiado, que lhe foi negado, tendo depois tentado permanecer no país com base em razões humanitárias, o que também lhes foi recusado, em 2011.

As possibilidades de recurso esgotaram, afirmou ao Toronto Sun o advogado da família, Tony Dutra.